Seja um seguidor deste blog. Que tal?

Central Blogs

Numeros de postagens e comentários

por Mega Fire M.F

Blogueiros e não blgueiros

Dia e horas

Seguidores

Pesquisar

sexta-feira, 2 de março de 2012

Quem é o idiota?

O Idiota e a Moeda
Conta-se que numa cidade do interior um grupo de pessoas se divertia com o idiota da aldeia. Um pobre coitado, de pouca inteligência, vivia de pequenos biscates e esmolas.
Diariamente eles chamavam o idiota ao bar onde se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas: uma grande de 400 RÉIS e outra menor de 2.000 RÉIS. Ele sempre escolhia a maior e menos valiosa, o que era motivo de risos para todos.
Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda não havia percebido que a moeda maior valia menos ?
- Eu sei, respondeu o tolo. Ela vale cinco vezes menos, mas no dia que eu escolher a outra, a brincadeira acaba e não vou mais ganhar minha moeda.

Pode-se tirar várias conclusões dessa pequena narrativa.
A primeira: Quem parece idiota, nem sempre é.
A segunda: Quais eram os verdadeiros idiotas da história?
A terceira: Se você for ganancioso, acaba estragando sua fonte de renda.
Mas a conclusão mais interessante é: A percepção de que podemos estar bem, mesmo quando os outros não têm uma boa opinião a nosso respeito.
Portanto, o que importa não é o que pensam de nós, mas sim, quem realmente somos.
O maior prazer de um homem inteligente é bancar o idiota diante de um idiota que banca o inteligente.
Preocupe-se mais com sua consciência do que com sua reputação. Porque sua consciência é o que você é, e sua reputação é o que os outros pensam de você. E o que os outros pensam é problema deles.

6 comentários:

Célia Rangel disse...

SER AUTÊNTICO... eis a nobre questão!
Abraço, Célia.

RH disse...

Dando Resposta a sua visita no blog RHTEEN. Obrigado.
Ja estou seguindo.
Beijos

João Roque disse...

Achei delicioso...

Maria disse...

Excelente texto. O importante é o sermos nós próprios, é deitarmos á noite com a consciência tranquila, o que os outros pensam não importa.
Bom domingo
Beijinhos
Maria

Vilson disse...

Show de bola

Se ficarmos pensando no que os outros irão pensar de nós, nem de casa sairemos.

Ótima sacada.

Meus parabéns, gostei tanto da postagem que vou abordar este tema ainda este ano no meu blog

um abraço

Sandra Botelho disse...

Amei o texto e as lições que podemos tirar dele.
Bjos achocolatados