Seja um seguidor deste blog. Que tal?

Central Blogs

Numeros de postagens e comentários

por Mega Fire M.F

Blogueiros e não blgueiros

Dia e horas

Seguidores

Pesquisar

terça-feira, 29 de março de 2011

Pais e filhos



Oi pessoas visitantes blogueiras e anonimos.
Tudo beleza com vocês?  Espero que sim, pois comigo está. Por aqui tudo em paz e tranquilo. Estou pensando em que escrever. Tenho muitas ideias; muitos temas para por em discussão por aqui. O problema é o seguinte: Quais ideias? Quais temas escrever? Pais e Filhos? Bom tema, né. Vamos lá então.
Quando começa esse relacionamento? Ainda no ventre da mãe. Mãe, filho ou filha... por ultimo o pai. Só no primeiro filho isso acontece? Não. Quantos filhos vierem. É um ciclo.
Do ventre, crescendo, sente tudo que a mãe sente. É 100% intimidade mesmo. E o pai? Só quando tem uma chance. Quando já está quase saindo daquele gostoso interior onde tem tudo, onde não existe o medo, a dor, o falso, para conhecer o mundo exterior de sua mãe onde estão incluídos, no inicio, os seus irmãos, se tiver, e seu  pai. Depois o resto da família.
Vai crescendo, aprendendo, conhecendo, vivendo. Sempre com os pais, por perto, ajudando no que for preciso; o certo e o errado no seus pontos de vista sobre o mundo ao redor e sobre suas próprias experiências. Entra em seguida a escola, os amigos que também se mostram. Aí vem o conflito. Quem está certo ou errado?  Cada um no seu grau de conhecimento. A escolha é do filho (Menino ou menina). Ele que vai ter que escolher o "melhor". E os pais terão deveres... somente, depois de um certo caminhar sozinho dele, de aconselhar e torcer para que tudo de certo e que possa seguir seu caminho assim como seus pais seguiram os deles.
E o ciclo recomeça. A vida se renova. Sem clone.

Escrito por mim     

4 comentários:

Marrie disse...

Filhos... eis aí uma grande questão... educação! O relacionamento com os pais dará a base para todas as escolhas que estes pequeninos farão em seu futuro. Pena que nem todos os pais conseguem enxergar a grande responsabilidade de suas ações no futuro de seus filhos.
bjs e obrigada pela visitinha em meus "segredos"

José disse...

Hoje muitos pais estão fazendo todas as vontades dos filhos, e eles ficam pensado que isso vai ser assim a vida toda, e não vai.

abraço

Cadinho RoCo disse...

Não sou pai, mas percebo o quanto há de representação em um(a) filho(a).
Cadinho RoCo

Katia Cristina disse...

Eu não sei muito bem dessa coisa de relação com filho.
Passo por um momento conturbado com um filho adolescente...